Implantes dentários: 6 cuidados após a cirurgia

Cada vez mais, os avanços da implantodontia estão simplificando os procedimentos de colocação dos implantes e acelerando a recuperação no pós-operatório. Hoje, o implante é a melhor forma de repor um ou mais dentes perdidos: além de seguros, eles têm exatamente a mesma função e aparência dos dentes naturais, assim como exigem os mesmos cuidados. “O procedimento tem um pós operatório relativamente simples. E, se eventualmente notar qualquer anormalidade, o paciente deve procurar o dentista o mais rápido possível, para que sejam tomadas as medidas necessárias”, diz a Dra. Cindy Dodo, especialista em implantodontia e embaixadora da S.I.N. Implant System.

Confira, a seguir, as principais recomendações após a colocação de implantes dentários:

  1. Não esqueça dos medicamentos: “O paciente deve tomar os remédios prescritos de forma correta, para evitar inflamações e desconfortos”, diz a Dra. Cindy. 
  2. Faça repouso: Durante os primeiros cinco dias após a cirurgia, é recomendado repouso, ou seja, evitar falar, se locomover e movimentar a boca. “Isso é importante para evitar sangramentos e edemas”, destaca a especialista.
  3. Cuidados com a alimentação: “No dia do procedimento, devem ser ingeridos apenas alimentos gelados e, nos primeiros três dias, a recomendação é que sejam consumidos de frios a mornos. Além disso, alimentos muito duros devem ser evitados, pois podem machucar a região”, explica a Dra.Cindy. “Vale adotar, neste período, uma alimentação baseada em comidas mais moles ou pastosas, como mingaus, sucos e iogurtes”, conclui.
  4. Aposte nas compressas geladas: “O gelo é um grande aliado nos primeiros dias do pós-operatório. Compressas e até alimentos gelados ajudam a diminuir o inchaço e evitar dores na área operada”, diz a especialista.
  5. Evite o cigarro: “Os cigarros possuem componentes altamente prejudiciais à saúde bucal e, durante o pós-operatório, o fumo pode dificultar o processo de cicatrização”, alerta a Dra. Cindy.
  6. Fique atento aos sinais de alerta: “Se houver dores intensas, acúmulo de alimentos ou se o paciente sentir que a prótese pode estar um pouco solta, é preciso contatar o dentista sem demora para uma avaliação detalhada e correção do problema”, diz Cindy.