Mega Hair: confira os mitos e verdades sobre o procedimento que caiu no gosto de celebridades ao redor do mundo

O mega hair se tornou um dos assuntos mais comentados no universo da beleza. Conhecido por trazer maior volume e comprimento aos fios, as extensões capilares conquistaram o coração de inúmeras celebridades ao redor do mundo, como Kylie Jenner, Ariana Grande, Jennifer Lopez, Selena Gomez e brasileiras como Rafa Kalimann, Naiara Azevedo, Mari Gonzalez e Isis Valverde. 

Com o crescimento exponencial na procura pela aplicação do mega hair, muitas dúvidas surgem sobre o assunto, assim como mitos que podem gerar pânico e até fazer com que a pessoa desista do procedimento. 

Alina Carmezim, especialista em mega hair, criadora do método Impercept e fundadora do curso “Excelência em Mega Hair”, esclarece tudo sobre o assunto. Confira! 

O mega hair prejudica os fios naturais 

Mito!

Antigamente, o mega hair era aplicado com técnicas que repuxavam os fios, prejudicando o cabelo devido a tração no bulbo capilar. Porém, depois de muitos investimentos e estudos desenvolvidos, novos métodos mais eficazes foram surgindo. 

Um exemplo, é a técnica Impercept, desenvolvida pela Alina Carmezim, que usa menos de 10% do cabelo natural em sua colocação, sem puxar o bulbo capilar, além de distribuir os fios de maneira leve e confortável, ao mesmo tempo que não aparece em meio do cabelo natural.

É permitido o uso de secador, chapinha e babyliss no mega hair 

Verdade! 

Se as extensões forem feitas com cabelo 100% humano, não há problema algum em utilizar fontes de calor. A única recomendação é não aplicar o calor em cima das faixas ou mechas do mega hair e também apostar em um bom protetor térmico para manter os fios sempre saudáveis. 

Não existe mega hair cacheado

Mito!

Hoje em dia, é possível trabalhar com diversos tamanhos, cores, estilos e texturas de cabelo nas extensões. O mega hair cacheado, além de extremamente lindo, é meganatural. Um dos fatores mais interessantes desse tipo de extensão, é a possibilidade de utilizá-la durante o processo de transição capilar quando, após o big chop, os fios se encontram mais curtinhos.

A aplicação das mechas é demorada

Mito!

Com as técnicas atuais as aplicações demoram normalmente menos de 1 hora. Com o método Impercept, a colocação das extensões dura apenas 30 minutos. 

Só cabelereiro pode aplicar mega hair

Mito!

Para realizar a colocação das extensões não é preciso ser cabeleireiro, o que é justamente o caso de Alina Carmezim. Formada em direito, Alina passou por um corte químico nos cabelos e resolveu aplicar as extensões em si mesma, uma vez que sentia dificuldades em encontrar em sua cidade, Salvador, uma profissional em que confiasse a saúde de seu cabelo. Ao perceber sua autoestima renovada após a aplicação do mega hair, enxergou uma oportunidade de transformar a sua vida e a vida de outras mulheres.

Para isso, Alina resolveu lançar seu curso virtual “Excelência em Mega Hair”, que prepara qualquer pessoa do zero para que consiga se tornar uma profissional em mega hair de sucesso.

A aplicação do mega hair não é dolorosa

Verdade!

A aplicação não é dolorida, especialmente em técnicas que envolvem tictacs ou fitas adesivas, como é o caso da Impercept. Com os aperfeiçoamentos nos métodos de colocação das extensões, a tração dos fios costuma ser bem menor.  

O mega hair é muito caro

Mito!

Atualmente, as extensões capilares são completamente acessíveis para todas as pessoas e com um pequeno investimento, já é possível apostar em um mega hair.

Serviço