Microbiota intestinal equilibrada ajuda na imunidade e até no bom humor

Ter uma boa imunidade, cuidar do nosso bem-estar e da saúde mental é fundamental para a prevenção de doenças. O que nem todos sabem é que ter um organismo saudável está muito ligado ao bom funcionamento do nosso intestino – especificamente da microbiota intestinal.

A microbiota, conhecida popularmente como flora intestinal, é um conjunto de micro-organismos vivos que colonizam o intestino. A principal função desse complexo de probióticos é manter a integridade da mucosa do órgão, mas também é um importante meio de fortalecer o sistema imunológico.

Segundo a nutricionista clínica Mariane Rovedo, os microrganismos formam uma espécie de barreira contra as bactérias que fazem mal ao corpo humano. Mas para isso funcionar, o sistema deve estar equilibrado. “Uma microbiota intestinal deve estar em equilíbrio entre os microrganismos protetores e os patogênicos. Através disso, ocorre o fortalecimento da barreira intestinal, protegendo de patógenos”, explica.

Além dessas funções, a microbiota participa da metabolização de nutrientes que são importantes para o sistema imunológico, como as vitaminas do complexo B e minerais como ferro, zinco, magnésio e cálcio. Pessoas que têm algum tipo de intolerância ou alergia alimentar também se beneficiam de uma microbiota intestinal fortalecida.

Intestino e cérebro interligados

A microbiota tem influência direta no eixo cérebro-intestino. Isso faz com que os micro-organismos da flora intestinal influenciem até mesmo a saúde mental dos seres humanos, como explica Mariane Rovedo. 

“A microbiota é capaz de auxiliar no tratamento de doenças neurológicas e psiquiátricas. Hoje conhecemos um pool de probióticos que são chamados de psicobióticos, capazes de atuar na formação de neurotransmissores”, pontua.

Assim, o humor também pode ser afetado pelo funcionamento do intestino. “Cerca de 90% de toda a serotonina do corpo é produzida no intestino e uma microbiota desequilibrada pode interferir nessa via”, afirma a nutricionista.

Como manter a microbiota saudável

Para o pleno funcionamento da microbiota intestinal, ela precisa estar equilibrada. Assim, é preciso evitar tudo o que desequilibra, como alimentos ultraprocessados, conservantes e agrotóxicos. Medicamentos como antibióticos e corticoides também podem fazer mal para a colônia de micro-organismos do intestino.

A melhor maneira de cuidar da microbiota é ingerir alimentos que sejam ricos em fibras, além de amido, frutas, vegetais e fermentados.