Queda de cabelo é um dos sintomas do pós-covid e pode ser minimizada com produtos específicos

Com a chegada do inverno e as temperaturas despencando, é comum que doenças respiratórias, resfriados e até mesmo a covid-19 sejam mais frequentes. Os sintomas para essas doenças podem ser muito parecidos, mas em relação a covid é possível identificar alguns mais específicos, como por exemplo, a queda de cabelo.

Acompanhar diariamente a queda dos fios e o aparecimento de falhas no couro cabeludo é um sintoma que pode abalar a autoestima. Porém, a boa notícia é que a queda de cabelo pode ser minimizada com o apoio de dermocosméticos.

Ricardo Castilho, cabeleireiro no Expert Cabral, esclarece que a queda de cabelo geralmente é associada à falta de nutrientes, por isso a prevenção deve ser efetuada de maneira sazonal. “Para aconselhar no melhor tratamento tópico com produtos de salão, investigo a rotina e hábitos do cliente em relação à saúde e cuidados com cabelo. Se identificar algum problema de saúde, oriento, primeiramente, a busca por um médico especialista, mas se avaliar maus cuidados, recomendo produtos e procedimentos compatíveis com a necessidade de cada cliente”, destaca. 

Dentre os tratamentos que podem auxiliar no combate à queda de cabelo, Ricardo ressalta diferentes marcas de produtos conceituados, sendo elas: Nioxin, Keune, L’oreal e Kerastase. “Fora do país, a Nioxin é considerada um medicamento, pois é uma marca voltada totalmente para a queda de cabelos. Ela possui seis linhas para afunilar o procedimento de acordo com a necessidade individual do paciente. Podendo completar o tratamento para calvície tanto no estágio inicial quanto nos casos mais avançados”, acrescenta Ricardo.

Já as linhas antiqueda da Keune contam com shampoos nas versões masculina e feminina. “Além de ‘finalizadores’ que evitam a quebra dos cabelos, a marca também possui produtos para dar volume aos fios, o que gera a sensação de mais cabelo”, destaca o profissional.

Outro ponto importante que o cabeleireiro destaca é a possibilidade de manter o tratamento em casa, isso porque, muitas vezes, é necessária a manutenção do procedimento. “Temos produtos no salão que o cliente pode levar para casa, assim, ele reforça o cuidado e mantém os cabelos saudáveis por muito mais tempo”, finaliza.

Laserterapia também é opção para tratar queda de cabelo

Pesquisas apontam que ações fotoquímicas dos lasers são analgésicas, anti-inflamatórias e ainda possuem alta capacidade de reparação tecidual. A terapia com laser é considerada uma técnica segura, eficaz e com resultados promissores. Com isso, o tratamento acaba sendo uma ótima alternativa para a queda capilar.

A aplicação é realizada diretamente no couro cabeludo, sem a utilização de agulhas ou cirurgia, ou seja, é um procedimento não invasivo. Fernanda Guardiano, cabeleireira e Terapeuta Capilar no Expert Munhoz, explica que os lasers de baixa intensidade tratam diferentes disfunções do couro cabeludo e, inclusive, da haste capilar. “Quando aplicado em doses exatas, o procedimento ativa as células do folículo capilar estimulando o crescimento, além de tratar a oleosidade e melhorar a qualidade da haste capilar, promovendo queratinização e biotina – que é uma vitamina importante na manutenção de cabelos saudáveis”, afirma.