Mulheres na segurança privada: uma realidade em 2022

Se havia resistência da participação feminina em alguns setores do mercado de trabalho, como a segurança privada, trata-se de um preconceito que cada vez mais é superado. 

No GRUPO GR, especialista em segurança privada no Brasil, o empoderamento feminino, por meio de ações internas para a captação de novos talentos para os serviços de segurança patrimonial, já é fato. Apesar de ser um ramo ainda com mais homens que mulheres, os processos seletivos prezam pela inclusão de colaboradores, independentemente do gênero.

“Quando olhamos para o operacional da área de segurança, há mais resistência e entendemos que isso se dá devido aos vieses inconscientes e conscientes de similaridade a cargos militares. Nesse ponto, há uma atenção para trabalharmos a conscientização e a sensibilização de nossos colaboradores, assim como os educar para a sociedade, afinal, não há nenhuma lógica em distinguir cargos por gênero”, explica Paulo Marques, Diretor de DH do GRUPO GR.

Ele acrescenta que a presença de mulheres em cargos administrativos é ainda maior: “isso porque, em suas formações acadêmicas, muitos profissionais têm professores de diversos gêneros. Existe nesse processo uma cisão dos vieses das pessoas por respeitar hierarquicamente quem detém o conhecimento a ser transmitido”.

Assim, a fim de continuar com o avanço feminino na operação, o GRUPO GR tem no radar um programa de capacitação de mulheres na liderança, que terá como objetivo promover a equidade de gênero e romper alguns paradigmas da mulher nesta posição, em cargos na área de segurança.

“Trabalhamos com times mistos na maioria dos nossos contratos. É claro para nossa equipe de aquisição de talentos que nossos processos seletivos devem ser conduzidos de modo a dar a todos as mesmas oportunidades de concorrer às nossas vagas”, finaliza Marques.

No Dia da Mulher, 8 de março, às 17h, a GR promove uma roda de conversa transmitida ao vivo para seus colaboradores, por meio da UNIGR (plataforma EAD do grupo). O bate papo terá como tema “Os desafios da mulher no mundo corporativo” e conta com profissionais da empresa, de quatro níveis hierárquicos diferentes, que são inspiração para outras mulheres. Haverá também sorteio de brindes.