Pesquisa aponta que brasileiros querem viajar para descansar a mente

Uma pesquisa chamada “Jornada de Retorno”, realizada pela Collinson, especialista mundial em fidelização de clientes e experiência dos viajantes, mostra que os viajantes começaram a levar em consideração, com mais frequência, a saúde mental quando vão eleger o local para onde ir no momento de fazer as malas.

A empresa responsável pela pesquisa realizou um comparativo entre as informações de dois levantamentos executados em 13 países nos anos de 2019 e 2020, ou seja, antes da pandemia da Covid-19. O resultado mostra que as viagens para oferecer descanso mental às pessoas estão aumentando e devem ser ainda mais frequentes em um contexto pós-pandemia.

Ainda de acordo com a pesquisa, 90% dos brasileiros irão colocar o bem-estar como prioridade no momento de viajar, em comparação com o período pré-pandemia. Nos outros 12 países pesquisados, espalhados pela Europa, Oriente Médio, Ásia e América do Norte, essa porcentagem é de 73%.

Outro ponto apresentado pela pesquisa é sobre o nível de preocupação com os protocolos de saúde em combate à pandemia da Covid-19. De acordo com a análise, os brasileiros foram os que mais se mostraram preocupados com tais protocolos e o distanciamento social antes de pensarem em realizar alguma outra viagem. O forte impacto da pandemia da Covid-19 no Brasil é uma possível justificativa para esse resultado. O levantamento obteve, ao todo, respostas de 18,5 mil viajantes de 2019 e outras 12.607 de 2020.

Cuidado com a saúde mental é fator importante no momento de viajar

No momento de arrumar a mala de viagem, a saúde mental ainda continua presente como motivação dos viajantes. De acordo com pesquisa independente realizada pelo site Booking.com, em novembro de 2020, 88% das pessoas entrevistadas viajam para conseguir um descanso para a mente. A pesquisa foi realizada com 47.728 pessoas em 28 países. Desse número, quase 2 mil entrevistados eram brasileiros.

A pesquisa ainda trouxe outros resultados: 85% dos brasileiros viajam para descansar e também conhecer o máximo do destino escolhido. Além disso, 81% têm como motivação a possibilidade de redescoberta de algum momento do passado com a viagem. Nesse ponto, os brasileiros ocupam o primeiro lugar da lista.

Outros dados obtidos pela pesquisa também foram: 90% dos brasileiros têm preferência por lugares com belezas naturais e locais onde se sintam seguros; 89% dos entrevistados disseram que se importam com a limpeza dos locais escolhidos para viajar; 86% prezam lugares com uma boa culinária; e 85% preferem cenários com belas praias.

Além disso, o levantamento ainda mostra que 94% se sentem confortáveis em viajar, futuramente, para destinos nacionais. Entre os entrevistados, 79% alegaram que as viagens domésticas permitem a companhia de familiares e amigos (o que não ocorre nas viagens internacionais), e 54% dos brasileiros preferem as viagens nacionais às internacionais.