Raciocínio lógico e inglês: Games ajudam empresário a ter sucesso nos negócios

Dados da Pesquisa Game Brasil (PGB) 2022 revelam que três em cada quatro brasileiros são gamers e jogam em alguma plataforma. Entre esses amantes do universo dos games, está Diego Zia, CEO da B2Gether, empresa especializada em operações de câmbio.

O empresário se declara um nerd por natureza e, tendo em vista o Dia Internacional do Gamer, celebrado nesta segunda-feira (29/08), ele conversou com a reportagem para falar sobre como os jogos eletrônicos o ajudam até hoje a se destacar na carreira e nos negócios.

“Desde criança, sempre gostei muito de videogame. Ganhei um Super Nintendo com apenas dois anos de idade. Tudo bem que só abri com quatro anos, mas já dá pra ver que os games chegaram cedo à minha vida”, observa.

Bacharel em Ciências da Computação e MBA em Gestão Empresarial, Zia iniciou sua carreira profissional em uma empresa de normas técnicas como estagiário de TI (Tecnologia da Informação). Já formado, ingressou no mercado financeiro, segmento que atua e empreende no momento.

Primeiro, exerceu cargos na área de tecnologia e projetos. Depois, foi para o setor comercial, chegando à gerência de uma das maiores empresas de câmbio do mundo. Em 2021, o empresário fundou a B2Gether ao lado da sua sócia, Janaina Assis.

“Os jogos eletrônicos foram e ainda são muito importantes na minha vida. Acho que para todos que jogam, os games estimulam a mente, ajudam a aprender e treinar o inglês, além de potencializarem o raciocínio lógico e rápido”, explica.

Zia reconhece que essas competências desenvolvidas no mundo dos games foram cruciais para a sua formação. Inclusive, ele conta que, por causa do inglês fluente, conseguiu fazer intercâmbio nos Estados Unidos e teve o privilégio de ocupar vagas importantes no mercado de trabalho.

“Sou muito grato aos games por terem me ajudado a desenvolver essas habilidades e me destacar por onde passei. Quando você faz algo que gosta, acaba aprendendo por tabela, sem nem perceber”, pontua o empresário, que tem entre seus favoritos jogos como The Legend of Zelda, Mario Kart, Banjo-Kazooie, Onimusha, God of War, Pokémon, entre muitos outros.

O empreendedor conta que nunca teve a pretensão de ser um gamer profissional, embora já tenha sido sondado para fazer um teste para um time de Mobile Legends. Se a carreira não deu certo, é certo dizer que Diego Zia apoia o esports por meio da sua empresa. A B2Gether é patrocinadora oficial da DreamMax e-Sports, organização focada em jogos eletrônicos mobile.

“É muito bom continuar jogando depois de adulto e atuar profissionalmente no segmento. No meu caso, eu não participo como jogador nas competições, mas patrocínio uma equipe de esportes eletrônicos e tenho clientes que são gamers. Isso é muito gratificante”, conclui.