Relação superficial é o amor da atualidade

Uma pesquisa feita através da plataforma de relacionamentos MeuPatrocínio aponta que atualmente as pessoas querem mais praticidade e facilidade em um relacionamento, ao invés das inúmeras discussões fúteis e brigas por problemas financeiros, por exemplo.

A plataforma de relacionamentos oferece exatamente isso: uma relação transparente, cheia de mimos, romance e acima de tudo, leve entre seus usuários. E com isso, viu o número de cadastros crescer muito nos últimos anos, principalmente entre mulheres entre 23 a 30 anos.

A principal resposta dos usuários é de que o amor se modernizou, e que não necessariamente virou superficial. As pessoas se relacionam pelo conforto de ter as necessidades do dia a dia realizadas. São elas: um dengo ou um carinho, uma troca de mensagens simples, um elogio, e eventualmente até o sexo casual no final de semana ou após o trabalho. O motivo principal da procura por essa plataforma ter aumentado, é que para muitas dessas jovens ter um relacionamento com pessoas imaturas não leva a lugar algum, além de ser um relacionamento raso e estressante.

De acordo com Camila C., de 27 anos, usuária da plataforma: “Meus antigos relacionamentos eram inseguros, eu nunca sabia exatamente o que o meu parceiro estava procurando, se ele só estava comigo porque era confortável pra ele, ou se ele realmente queria me dar a mão e ganhar o mundo comigo, já aqui no site logo no início eu e meu match já deixamos claro nossas expectativas, eu me sinto muito mais confortável.”

Mariana L., de 31 anos, também usuária do site, destaca: “Entrei nesse site porque estou a procura de relações em que a sinceridade e transparência sejam o pilar da relação. Pelo menos aqui todo mundo deixa bem claro o que espera da relação e tudo fica alinhado, não abrindo margem para se envolver amorosamente com alguém que mente pra você, que finge ser alguém que não é.”

Verdade seja dita, viver um grande amor é arriscado, nunca sabemos o dia de amanhã e as pessoas evoluem e mudam a cada dia. O que importa mesmo é ser feliz e, inclusive, todas as formas de amor são válidas.