A importância dos otorrinos nas fases da vida

A otorrinolaringologia é a especialidade médica que foca nos estudos e atendimentos de doenças que ocorrem especificamente no ouvido, nariz e garganta. É uma área muito importante da medicina, afinal lida com 3 dos 5 sentidos (Paladar, Olfato e Audição) e, não à toa, é a 14º especialidade mais escolhida no ramo da medicina. Para entender mais sobre essa profissão, a otorrinolaringologista, Dra. Rita Guimarães, mestre em clínica cirúrgica pela UFPR explica mais detalhes sobre o assunto. 

A audição é considerada um dos mais complexos sistemas do corpo humano. E não é para menos – as vibrações dos sons captadas pelos ouvidos passam por pequenas estruturas que os transformam em impulsos elétricos. Estes estímulos são enviados ao cérebro, que os decodifica e os interpreta, possibilitando a compreensão dos ruídos à nossa volta, ou seja, o sistema auditivo é um dos mais importantes do nosso corpo, e um dos que merecem mais atenção.

“Os problemas auditivos podem ser causados por fatores genéticos, doenças infecciosas – como rubéola, meningite, caxumba, otites, sarampo, traumas acústicos, uso de medicamentos tóxicos aos ouvidos, causas congênitas e exposição sonora intensa. Por isso é importante fazer consultas periódicas com um otorrino, haja vista que a prevenção é a melhor arma contra a perda auditiva”, destaca a médica, especialista em otoneurologia.

Neste sentido, os otorrinos têm um papel muito importante. Uma vez que ajudam a efetivar o tratamento e ainda a prevenir problemas auditivos, os otorrinolaringologistas desempenham a função de melhorar e garantir uma boa qualidade de vida aos pacientes. Para finalizar, a médica alerta que, caso algum desconforto auditivo seja sentido, é indispensável a consulta com um profissional de confiança. “Prevenir é sempre o melhor remédio”, afirma.