Aumentar a imunidade no inverno é fundamental no combate de doenças sazonais

Pesquisas confirmam que a exposição ao clima frio pode afetar bastante a função imunológica das pessoas, tornando o corpo mais suscetível a contrair infecções das mais diversas naturezas como vírus e bactérias. A razão para isso, é que o nosso corpo acaba gastando mais energia na manutenção da temperatura, reduzindo a potência do sistema imunológico.

Para a médica da família e diretora da Higia Clínic, Márcia Simões (RQE 30852 PR) com o nosso organismo mais fragilizado temos o aumento no risco de surgirem dores de ouvido, espirros, tosses, coriza e sintomas de doenças infecciosas como as otites, sinusites, amigdalites, gripes e resfriados. “Evitar as enfermidades é algo muito importante nessa época do ano, ainda mais na realidade que vivemos hoje com novos vírus circulando.”

Outro ponto que altera a nossa imunidade é que no inverno temos menos horas de sol e, com isso, temos menos recebimento de vitamina D. “A deficiência da vitamina D é super comum principalmente na nossa região, sendo portanto fundamental colocar na rotina uma forma de balancear essa deficiência, que pode ser feita por meio da exposição solar quando possível, ingestão oral dela, ou até reposição injetável, no consultório médico de acordo com os exames de cada paciente.”

Segundo Márcia, os cuidados com a alimentação contribuem para reforçar a proteção do organismo ao reunir diferentes componentes que são importantes para aumentar a imunidade. Assim as refeições devem conter legumes, verduras, frutas e alimentos ricos em vitaminas e minerais. Da mesma forma, a ingestão de líquidos é essencial para manter a hidratação do corpo e das vias aéreas que sofrem o ressecamento durante este período.

Dicas de alimentos e hábitos para aumentar a imunidade durante o inverno:

1. Aumente a hidratação

A água tem papel fundamental nas reações químicas do organismo, auxiliando na regulação da temperatura e eliminando toxinas, porém é comum que nos dias frios o consumo de líquidos seja menor, por isso é importante estar atento a quantidade de água ingerida nessa época e se possível, aumentá-la.

2 – Coma alho

Usada há séculos para combater gripes, esse alimento ajuda a eliminar as substâncias tóxicas do corpo, além de reduzir os riscos de algumas doenças como gripes, resfriados, dores e inflamações.

3. Invista em frutas cítricas

Frutas como acerola, abacaxi, laranja, limão, caju e ameixa são aliadas do sistema imunológico e fontes de vitamina C, portanto elas devem ser consumidas diariamente.

4. Coma vegetais escuros

Vegetais como brócolis, couve e espinafre são essenciais no processo de maturação das células do sistema imunológico e ajudam o corpo a criar resistência às infecções, pois são fontes ricas em ácido fólico, substância que participa da formação das células responsáveis pela defesa do organismo.

5. Aumente o consumo de oleaginosas

Fontes de nutrientes e proteínas vegetais, o pistache, noz, amêndoa, castanha e amendoim são excelentes fontes de fibra e potentes no fortalecimento da imunidade, além de serem repletos de vitaminas antioxidantes, minerais e fitoquímicos, substâncias que ajudam na prevenção de doenças como o câncer e do coração.

6. Use gengibre

Rico em gingerol, substância que regula o sistema imunológico do organismo, aumentando a imunidade, o gengibre tem propriedades anti-inflamatórias e contribui para limpar o muco das vias aéreas, diminuindo assim a proliferação de vírus e bactérias. Além disso, é um potente preventivo contra doenças cardíacas ao diminuir a formação de coágulos sanguíneos.

7. Melhore o consumo de vitaminas e nutrientes

Vitaminas e nutrientes aumentam a imunidade e melhoram o funcionamento do organismo, ajudando na prevenção de doenças da estação. As mais importantes são:

  • Vitamina A;
  • Vitamina C;
  • Vitamina D;
  • Vitamina E;
  • Selênio;
  • Zinco.