Em Maringá, pessoas com sintomas de covid-19 devem procurar somente UPA Quebec

Com o aumento no número de casos de covonavírus e o fechamento de vários hospitais para novos atendimentos, o fluxo de pessoas no complexo de saúde da Zona Sul, em Maringá, aumentou demasiadamente. 

Diante da nova demanda, a Secretaria de Saúde reorganizou o fluxo de atendimento no município. A partir das 7 horas desta quarta-feira (2), a UPA Zona Sul será unidade exclusiva para o internamento de pacientes com covid-19 junto ao Hospital Municipal de Maringá. 

A Secretaria de Saúde aumentou a capacidade de atendimento, inclusive enviando mais médicos para a UPA Quebec, que agora permanece como porta de entrada para pessoas com sintomas de coronavírus.

A mudança vai ampliar o número de leitos de enfermaria na UPA Zona Sul, que passa por um período de alta no número de internamentos.

Informações da Prefeitura de Maringá