Escleroterapia – um adeus às varizes

De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), aproximadamente 38% dos brasileiros sofrem com problemas de varizes, desse total, as mulheres são as mais impactadas, representando 45%, e os homens 30%. As varizes surgem quando o sangue, durante a circulação pelo corpo, reflui, voltando para a mesma veia, esse processo pode eventualmente causar uma dilatação e ocasionar no surgimento das varizes.

Dependendo do caso, se não tratado pode afetar profundamente a saúde e bem estar da pessoa, podendo evoluir para casos de trombose. Um dos tratamentos da doença e que vem demonstrando uma resposta eficaz ao problema, é a escleroterapia. De acordo com a Dra. Eliane Abreu, biomédica esteta da Clínica Bali Estética Avançada, no Bom Retiro, em Curitiba, “esse procedimento ajuda na diminuição das varizes e vazinhos, e é uma alternativa que dependendo do cliente pode solucionar este problema”, afirma.

Durante a sessão é injetado, com o auxílio de uma agulha fina, um líquido esclerosante, diretamente na veia do paciente, os medicamentos mais utilizados nesse tipo de tratamento é a solução de glicose hipertônica e a microespuma, após a aplicação o líquido atua obstruindo a circulação de sangue na região. Ao impedir que o sangue circule, ele irá seguir buscando novas veias e isso fará com que aos poucos os vasos desapareçam da pele.

Antes de optar pelo tratamento o paciente precisa ser avaliado por um especialista, ele que irá detectar qual o grau das varizes e desse modo recomendar a melhor forma de tratamento para aquele indivíduo. Também é importante buscar o procedimento o quanto antes, desde os primeiros sinais de pequenos vasinhos, isso contribui para resultados melhores e mais rápidos. Após a escleroterapia evite ficar muito tempo no sol e insira na sua rotina a utilização de compressas de gelos e cremes heparinóides, para o tratamento das veias superficiais.

Serviço: Bali Estética Avançada Bom Retiro