HU atinge lotação máxima de leitos de UTI para Covid

 A situação continua crítica no Hospital Universitário Regional de Ponta Grossa. Apesar da nota oficial da assessoria de imprensa, enviada ontem, ter dito que tudo estava dentro da normalidade, foi negada a informação de que o HU trabalhava com a capacidade máxima, beirando a superlotação.

 O boletim de ocupação de leitos divulgado no fim da tarde confirmou o que profissionais de saúde já vem alertando: a Unidade de Terapia Intensiva (uti) Covid-19 atingiu a lotação máxima, com 46 internados, na tarde de ontem. Além disso, quatro leitos emergenciais, que não possuem estrutura de UTI mas têm respiradores para casos mais graves, também estão lotados. Já na enfermaria, o último número repassado pelo hu mostrava 54 pacientes internados, com 10 leitos ainda disponíveis. 

Uma informação que também confirma a situação crítica e preocupa é que, ainda ontem, dois pacientes internados na ala Covid morreram e, mesmo com este óbitos, o boletim divulgado no fim da tarde indicava lotação da UTI, ou seja, outros pacientes graves foram internados tão logo os leitos ficaram vagos devido às mortes.

Veja mais informações sobre este e outros casos no Tribuna da Massa de Ponta Grossa desta terça-feira (19):