Paraná deve receber 235,5 mil vacinas; data de distribuição não foi confirmada

O Ministério da Saúde confirmou na manhã desta quarta-feira (14) que o Paraná vai receber 235.500 vacinas contra a covid-19. O lote é formado exclusivamente pelo imunizante Covishield, produzido pela Fiocruz/AstraZeneca/Oxford e dará continuidade à vacinação da população geral com a primeira dose (D1). O governo federal ainda não confirmou a data da distribuição.

O conjunto é composto por 166.951 doses para adultos com mais de 18 anos e 45 mil doses exclusivas para moradores de quatro cidades da região de fronteira com Paraguai e Argentina – Foz do Iguaçu, Guaíra, Santo Antônio do Sudoeste e Barracão. O restante é separado para a reserva técnica.

A expectativa da Secretaria de Estado de Saúde é que o lote da fronteira seja complementado com mais 45 mil vacinas nos próximos dias, totalizando as 90 mil anunciadas.

Assim que chegarem ao estado, os imunizantes serão recebidos e separados pelo Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), em Curitiba, para serem distribuídos rapidamente entre as 22 Regionais de Saúde. 

De acordo com o Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), foram aplicadas 4.972.289 primeiras doses e 1.671.356 pessoas já estão completamente imunizadas com a segunda ou com a dose única. 

Calendário

Segundo levantamento da Secretaria da Saúde, três em cada quatro cidades paranaenses estão vacinando a população da faixa dos 40 anos. O calendário de vacinação estima que as pessoas com essa idade devem receber pelo menos a primeira dose ou a dose única até 18 de julho.

Insumos

Além das novas vacinas, o Ministério da Saúde vai encaminhar mais 38.700 seringas de 1 ml, 38.700 agulhas 22 g e 245.200 seringas de 3 ml já com agulha própria ao Paraná.

Informações da AEN