Paraná recebe novo lote com 145 mil vacinas da Pfizer contra a Covid-19

As 145.080 doses do imunizante produzido pela Pfizer/BioNTech chegaram na noite desta segunda-feira (7) ao Paraná. O material está armazenado no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), em Curitiba, para averiguação e separação e deve ser encaminhado ainda nesta semana para as Regionais de Saúde do Estado.  

As vacinas integram a 23ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde e representam o maior lote do medicamento produzido pela farmacêutica norte-americana encaminhado ao Estado. Com a nova remessa, o Paraná recebeu até o momento 360.360 unidades da farmacêutica.   

De acordo com informe técnico elaborado pelo governo federal, as vacinas serão destinadas para avançar na imunização do grupo prioritário com a primeira dose (D1). Estão reservadas para pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidade e pessoas com deficiência permanente (86.964), trabalhadores de educação do ensino básico (42.264), forças de segurança/salvamento e forças armadas (1.483) e trabalhadores do transporte aéreo (182). O restante é da reserva técnica. 

Ainda segundo o documento do Ministério da Saúde, baseado no estudo de estabilidade da vacina, o período de armazenamento foi ampliado de cinco para 31 dias, com temperatura de 2º a 8ºC. A alteração permitiu à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ampliar o alcance dos municípios atendidos pelo imunizante. 

O último lote, enviado na segunda-feira (07), por exemplo, chegou a 32 cidades de 19 Regionais de Saúde – 12 atendidos pela primeira vez pelo imunizante. 

“A orientação do governador Ratinho Junior é de ofertar o maior número de doses, dos diferentes imunizantes disponíveis, para todas as regiões do Estado. E que a distribuição seja rápida para que as vacinas possam chegar logo ao braço dos paranaenses e garantir a proteção contra o vírus”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. 

Informações da Agência Estadual de Notícias