Segurança psicológica: empresas apostam em treinamentos para criar um ambiente acolhedor

Uma das grandes preocupações das empresas que desejam investir em inovação e focam em desempenho, é garantir que seus colaboradores tenham um ambiente de trabalho saudável, ou seja, que haja segurança psicológica. Para isso, as organizações precisam garantir um espaço colaborativo, acolhedor e que, inclusive, permita e provoque os profissionais para que eles sejam autênticos e possam perguntar, trocar ideias, expor preocupações, lidar com os erros de forma saudável, sem medo de feedbacks negativos e retaliações.

“Um ambiente seguro psicologicamente diminui taxas de turnover e aumenta o índice de produtividade. Os sentimentos de pertencer, aprender, contribuir e de desafio precisam estar presentes nas organizações. Precisamos aceitar que somos vulneráveis e trabalhar com essa realidade”, comenta Marcelo Reis, Diretor Executivo da MR16 e People+.  

Segundo pesquisa realizada pela Associação Integrante da International Stress Management Association (Isma-BR), 72% dos brasileiros, que estão no mercado de trabalho, possuem alguma sequela do estresse, desse total, 32% sofrem de burnout. A pandemia intensificou inúmeros problemas psicológicos de trabalhadores, onde apenas em 2020, segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, houve um total de 576 mil casos de afastamento por transtornos mentais.

Experiência do esporte de alta rendimento orienta times de vendas

Um grupo que vive diariamente sob pressão para atingir as metas e, consequentemente, sofre com questões mentais, é o de profissionais da área comercial/vendas. O bicampeão Olímpico, Giovane Gávio, acredita que em diversas esferas da vida as pessoas são incentivadas e treinadas a darem o melhor de si, buscando ultrapassar seus limites em prol de um objetivo em comum.

“No esporte de alto rendimento, a gente sofre muitas pressões psicológicas e somos desafiados a melhorar nossa performance constantemente. Por isso, estar preparado te proporciona maior confiança para realizar aquilo que faz, assim como, ter equilíbrio entre o corpo (trabalho), mente (produto) e alma (acreditar/meditar) é essencial’, afirma Giovane.

Treinamentos como agentes de segurança

Dentro do cenário atual que a sociedade está vivendo, é cada vez mais comum que empresas busquem criar estratégias para melhorar o dia a dia de seus colaboradores e gerar mais segurança. Uma das ações adotadas é fornecer treinamentos às equipes, melhorar o diálogo entre as áreas e criar um ambiente saudável de trabalho.

Uma das empresas que busca ajudar a capacitar profissionais é a PEOPLE+, empresa fundada por Giovane Gávio em parceria com Marcelo Reis, focada em treinamentos que se baseiam no esporte de alto rendimento atrelado aos negócios.