Última fase da vacinação contra gripe começa nesta quarta-feira

A 23ª Campanha de Vacinação contra a Gripe inicia a última etapa de imunização nesta quarta-feira (9) e deve seguir até o dia 9 de julho. Pessoas que fazem parte do grupo prioritário e que ainda não se vacinaram, devem procurar um posto de saúde mais próximo e tomar o imunizante, em dose única. Até agora, 1.533.523 doses foram aplicadas no Paraná.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) tem alertado sobre a baixa procura da vacinação contra a Influenza. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de que 90% da população alvo seja vacinada. O Paraná atingiu apenas 34,2% de cobertura vacinal dentre as mais de 4,4 milhões de pessoas que precisam ser imunizadas.

“Reforçamos a necessidade da procura da vacina da gripe, que além de auxiliar no diagnóstico das síndromes respiratórias também reforça a imunidade da população, podendo prevenir infecções por outros vírus respiratórios”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Grupos prioritários

A vacinação foi distribuída em três etapas, sendo a primeira, de 12 de abril a 10 de maio, abrangendo gestantes, puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos, indígenas e trabalhadores da saúde. Nesta fase, o Paraná atingiu 56,4% de cobertura, com 722.632 doses aplicadas da meta de 1.282.132.

A segunda etapa começou no dia 11 de maio, para idosos de 60 anos ou mais e professores da rede pública e privada, com encerramento nesta terça-feira (8). A cobertura atingiu 41,4% de abrangência, com 808.067 doses aplicadas das 1.949.851 pessoas elencadas neste grupo.

A terceira fase, iniciada nesta quarta-feira (9), inclui cerca de 1.247.338 paranaenses que se encaixam nos grupos de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Informações da Agência Estadual de Notícias