Sorvete no inverno pode ou não pode?

Não é novidade que os Brasileiros amam sorvete! De norte a sul do país, a sobremesa conquista fãs todos os dias, com um consumo médio de 5,5 litros por habitante/ano,  segundo dados da ABIS (Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvete). O consumo se dá independente da idade ou da época do ano, mas o que tem gerado dúvida em muitos consumidores é: Faz mal tomar sorvete no frio? 

Para esclarecer essa e outras dúvidas, trouxemos mitos e verdade sobre o consumo do sorvete, respondidos por Rodrigo Studart, CEO da Lowko: 

  • Sorvete causa gripe, resfriado ou dores de garganta: Mito! Não há estudos científicos que associam seu consumo a nenhuma doença. Tá liberado. 
  • Sorvetes podem auxiliar na recuperação de tratamentos: Verdade! Em situações como extração de dente ou cirurgias para retirada de amídalas, seu consumo é recomendado. O sorvete age como vasoconstritor, ou seja, estreita as artérias, ajudando a evitar sangramentos.
  • Todos os sorvetes são calóricos: Mito! A Lowko consegue fazer do impossível uma realidade, com 21 sabores de baixíssimas calorias. O Lowko sabor paçoca de 100 ml, por exemplo, possui 85 kcal no pote.
  • Sorvetes são nutritivos: Verdade! Em sua fórmula, cerca de 70% são compostos por leite, uma excelente fonte de cálcio. Além disso, os sabores de frutas podem ser fontes de vitamina C.
  • Todos os sorvetes engordam: Mito!  As versões da Lowko de 100 ml têm menos calorias que uma banana.
  • Sorvetes podem ser consumidos no inverno: Verdade! Inclusive, você sabia que a experiência de consumir sorvete no inverno é diferente do verão? Pela temperatura do sorvete ser similar à temperatura ambiente nessa época, os sabores ficam ainda mais indulgentes.  Além disso, o sorvete pode ser um excelente acompanhamento para bolos, caldas e tortas quentes.
  • Sorvetes não são naturais: Mito! A Lowko possui 21 sabores, sendo cinco deles Veganos. Todos feitos com ingredientes de origem natural, sem adição de açúcares e nem adoçantes artificiais.