Veja 5 lugares no Paraná para visitar no feriado de Corpus Christi

Prolongado com o fim de semana, o feriado de Corpus Christi é mais uma oportunidade para sair da rotina e se aventurar em viagens e passeios mais longos. Para aqueles que podem aproveitar todos os dias, o Paraná oferece diversas opções de passeios acessíveis que podem ser feitos como “bate e volta” ou com hospedagem.

onde-visitar-parana-feriado
Reprodução/Internet

O Paraná possui muitos atrativos históricos e naturais, cidades com influência europeia e um litoral encantador. Confira cinco lugares no Paraná para visitar no feriado de Corpus Christi:

Gruta do Bacaetava

Uma das atrações turísticas mais conhecidas de Curitiba e região, a Gruta do Bacaetava oferece visitas agendadas e gratuitas, de sexta a domingo. Descoberta no século XIX, a gruta possui pelo menos 600 milhões de anos e guarda diversas histórias, contadas pelos guias ao longo dos 30 minutos de passeio. A trilha até o local atravessa uma mata de fácil acesso e é recomendada para todas as idades.

A Gruta do Bacaetava está localizada em Colombo. Para agendar a visita, basta enviar uma mensagem pelo WhatsApp (41) 98861-8336.

Colônia Witmarsum

Considerada um pedacinho da Alemanha no Paraná, a Colônia foi fundada em 1950 e é conhecida pela grande quantidade de restaurantes típicos e pela produção gastronômica local. A pouco mais de 1 hora de Curitiba, tornou-se uma das referências na produção de queijos e cervejas artesanais por meio da Cooperativa Witmarsum.

Além da história da imigração alemã, é possível conhecer um pouco mais da geologia paranaense e mundial nas Estrias Glaciais, sítio geológico gratuito que contém resquícios da era glacial, há mais de 300 milhões de anos. Outras atrações incluem fazendas, cafés coloniais e hospedagens temáticas alemãs.

Buraco do Padre

Localizado há 120 km de Curitiba, é uma propriedade particular anexa à unidade de conservação Parque Nacional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. A partir de R$ 40, é possível caminhar por uma trilha de nível fácil, visitar a furna Buraco do Padre e admirar uma cachoeira de 30 metros que deságua nesse grande monumento natural.

Além da atração principal, o parque oferece outras atividades, como tirolesa, trilhas com mirantes, visita ao Poço Encantado e à Toca do Morcego (de nível moderado). Como uma experiência adicional, a Fenda da Freira é um espetáculo natural de paredões esculpidos ao longo do tempo. Os ingressos para a Furna e a Fenda podem ser adquiridos por meio do site oficial do Buraco do Padre.

Reserva Salto Morato

Outro destino em meio à natureza é a Reserva Natural Salto Morato, considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. Localizada a 172 km de Curitiba, essa área faz parte da Grande Reserva Mata Atlântica, o maior remanescente original desse bioma no mundo. A reserva oferece trilhas aquáticas e terrestres que levam até o impressionante salto de 120 metros, que dá nome ao local.

Veja também:

As trilhas têm duração aproximada de 2 horas e com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. Durante o percurso, os visitantes também podem desfrutar de banhos e mergulhos em um aquário natural. Para os mais experientes, há trilhas mais desafiadoras, como a trilha “Natureza Secreta”, que leva até a Cachoeira do Bracinho. Os ingressos custam a partir de R$ 20 e podem ser adquiridos no site oficial da reserva.

Cânion Guartelá

Um pouco mais distante da capital paranaense, encontra-se o Parque Nacional do Guartelá, que tem o sexto maior cânion do mundo e o único com vegetação nativa. Localizado entre os municípios de Castro e Tibagi, o cânion possui duas trilhas para caminhada, de nível intermediário. A trilha básica, com 5 km de extensão, pode ser feita sem a necessidade de guias e passa por três pontos principais do parque: o mirante com vista para o cânion do Rio Iapó, a cachoeira da Ponte de Pedra e os Panelões do Sumidouro ou Pedregulho. Durante o percurso, que dura aproximadamente 3 horas, monitores do parque estão disponíveis para qualquer necessidade.

Já a trilha completa requer agendamento com dois dias de antecedência e acompanhamento de guia, pois percorre os pontos principais do parque e inclui visitas a pinturas rupestres. Com  8 km de extensão, essa trilha tem duração entre 3 horas e meia a 4 horas e não pode ser realizada em caso de chuva no dia ou nas duas noites anteriores. Os passeios podem ser agendados em operadoras de turismo de Tibagi, e o visitante deve se cadastrar no Centro de Atendimento ao Turista pelo telefone (42) 98871-8623.

Explorar o estado do Paraná pode ser prazeroso, econômico e prático, seja em um “bate e volta” ou com pernoite. Para viajar sem preocupações, com segurança e sem precisar se preocupar com gastos em revisão e manutenção do carro, alugar um veículo é uma opção.

“Pensando no turismo, o V1 app disponibiliza aluguel de carros 100% on-line, com retirada imediata ou mediante agendamento. Basta selecionar uma das 14 estações V1 distribuídas pela cidade para a retirada, confirmar o pagamento pelo aplicativo e dirigir-se ao veículo escolhido. Além disso, oferecemos o serviço de entrega no endereço desejado pelo cliente”, diz a gerente comercial do V1 Aluguel, Thaís Augusta.

A partir de R$ 54 é possível alugar um carro por 12 horas, ou por R$ 67 para uma diária completa.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa