Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Arte para usar

(Foto: Divulgação) - Arte para usar
(Foto: Divulgação)

Como será a paisagem no planeta Kepler-186F? A descoberta feita pela Nasa em 2014, do primeiro planeta com características muito parecidas com as da Terra, inspirou o artista Marcel Fernandes. “A partir dessa descoberta da Nasa, investiguei indícios de que civilizações antigas já possuíam esse conhecimento há milênios. E dessa pesquisa nasceram imagens de uma viagem cósmica entre passado e presente, entre o planeta Terra e seu novo/antigo irmão”, conta.

As fotografias formaram a primeira etapa do projeto “Kepler-186F” e já foram expostas no Museu de Arte e História de Durango, na Espanha; no Museu de Arte Contemporânea do Paraná, em Curitiba; Red Bull Station, em São Paulo, além de terem sido selecionadas e apresentadas no IV Fórum Latino Americano de Fotografia, no Itaú Cultural, em São Paulo.

Agora, o projeto ganha mais um desdobramento, as Rochas de Kepler. O artista está produzindo peças modeladas a mão, de cerâmica, inspiradas nos minerais existentes nos planetas do sistema estelar Kepler-186. Porém, se tornam também acessórios contemporâneos passíveis de combinações, adornos estelares místicos, estruturas mágicas colhidas no espaço e esculpidas pelo autor. É uma incursão no design e uma forma de tornar mais acessível um objeto de arte.

“A experiência de explorar novos sistemas estelares e planetas através da arte é maravilhosa! E neste projeto - Rochas de Kepler – tem sido incrível modelar as peças manualmente, sabendo que nunca serão iguais e que cada uma carrega características únicas, assim como a infinidade de minerais existentes no universo”, afirma Marcel Fernandes.

As peças desenvolvidas foram transformadas em colares e serão apresentadas pela primeira vez na H-AL, Alexandre Linhares. "A ideia de usar um pedaço do Espaço perto do coração é uma forma de abrir um canal de conversa com todo o universo", afirma Linhares que abriga a mostra. Thifany F., coordenadora da casa acrescenta: "Eu vi a transformação do Marcel depois de sua volta de Kepler e fico extremamente lisonjeada que a H-AL receba a exibição das rochas que ele encontrou nessa caminhada. Ter 'acessórios de arte' em composição com nossas 'peças de arte vestíveis' chancela nosso objetivo de comunicar, provocar e tirar as pessoas da zona de conforto no ato de trajar/trafegar/vestir-se", explica.

Artista

Marcel Fernandes (1986) nasceu e reside em Antonina, litoral do Paraná. Desenvolve uma pesquisa visual sobre a relação entre realidade e ficção, permeando as artes visuais e a literatura. Já realizou diversas exposições individuais e coletivas, tendo destaque a exposição Ícaro e o Labirinto, no Museu de Arte Contemporânea do Paraná, em Curitiba; Poesia Agora no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo; Begira Photo Festival, em Durando (Espanha); e, Artistas Emergentes do Brasil, no Espacio Menosuno, em Madrid. Tem publicados seus poemas e fotografias em algumas revistas literárias nacionais e internacionais, como Escamandro, Gueto, Mallarmargens, Parênteses e as portuguesas Enfermaria 6 e Piolho.

Serviço

Lançamento dos acessórios contemporâneos “Rochas de Kepler”, por Marcel Fernandes

QUANDO: 02.05.2017, terça-feira

HORA: 11h às 21h30

ONDE: H-AL – Alexandre Linhares

Al. Prudente de Moraes, 445, Mercês, Curitiba, PR | 41.3233.4810

Mais informações:

Marcel Fernandes - artista - (41) 999364827