Cantora paranaense reflete sobre amor e cumplicidade entre mães e filhos em novo single

Depois de abraçar as próprias contradições e rir de si mesma no clipe “Capricorniana” e se mostrar intensa na balada “Não quero”, a cantora e compositora Pri Lacerda revela a cumplicidade das relações entre mãe e filhas no emocionante single e clipe “Quando Tudo Faz Sentido”. A música traz a artista curitibana em um dueto com Letícia Lacerda, sua filha.

Assista ao clipe “Quando tudo faz Sentido”: https://youtu.be/MCCqhUyZWHo 

A inspiração da letra veio de uma crise que a levou a reflexões enquanto observava a filha na Praia de Ipanema. “Diante de todo aquele cenário, eu em pé na areia olhando a Lelê no mar, admirando a imensidão da vida e como os barcos ficam minúsculos no horizonte, gravei no celular essa melodia e a letra que simplesmente fluíram. A vida cada vez mais tem esse significado de movimento, de aprendizado, de seguir em frente com o foco na leveza que a vida deve ter, apesar de todas as pedras que enfrentamos ao longo do caminho”, resume Pri Lacerda.

E sua filha Letícia complementa: “Eu fiquei muito feliz quando descobri que uma parte da música falava sobre mim. Eu sei que a minha mãe me ama muito, mas estar na música me fez sentir especial e muito amada. Achei super legal o convite para cantar com ela. Foi a primeira vez que cantei em um estúdio e fiquei nervosa e animada. Fico feliz de ter sido ao lado da minha mãe.”.

Pri Lacerda é conhecida como cantora, compositora e vocalista da banda de jazz e blues Snap Jazz. Ela embarcou no seu projeto solo com o primeiro EP, lançado em 2018 com cinco canções que faziam a ponte entre a nostalgia do soul e a música pop atual. Além de canções próprias, o trabalho contou com “Catch the Ash” e “River of Stars”, ambas do americano Jesse Harris (autor do sucesso “Don’t Know Why”, de Norah Jones). 

Atuando no cenário musical de Curitiba desde 2013, Priscilla soma a uma trajetória profissional como jurista, mestre em Direito Econômico e Social, professora universitária há mais de 10 anos e escritora, tendo publicado um livro de Direito sobre igualdade e, recentemente, participou da Bienal do Livro com o seu primeiro livro infantil “O Mundo Colorido da Girafa Zazá”. A música foi rapidamente de uma paixão dormente e hobby a alguns dos principais festivais e palcos da região, participando inclusive do Sofar Curitiba.

Este ano, Pri Lacerda está pronta para dar mais um passo em sua carreira musical, absorvendo o aprendizado de seu primeiro trabalho e as reflexões diante de acontecimentos que têm nos colocado em contato com questões íntimas e emocionais. Depois da bem-humorada “Capricorniana” e da intensa “Não Quero”, a artista mostra sua versatilidade com mais um single.

Assista ao clipe “Não quero”: https://youtu.be/ddiKZKm7OfQ

Fazendo dessa nova fase uma entrega pessoal e criativa sem precedentes até aqui na carreira da artista, os novos singles de Pri Lacerda atestam seu crescimento lírico e musical, coroando o atual momento com uma nova canção inédita.