Elon Musk teve gêmeos no ano passado com executiva da Neuralink, diz Insider

O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, e Shivon Zilis, executiva de alto escalão da startup de chips cerebrais Neuralink, tiveram gêmeos em novembro de 2021, informou o site Insider.

Em abril, Musk e Zilis entraram com um requerimento para mudarem o nome dos gêmeos para “terem o sobrenome do pai” e conter o sobrenome da mãe como parte do nome do meio, disse o Insider na quarta-feira, citando documentos judiciais.

Um resumo do processo judicial no serviço de pesquisa jurídica Westlaw mostrou que um juiz assinou uma “ordem de mudança de nomes de várias crianças” em 11 de maio, após a petição feita por Musk e Zilis em 25 de abril deste ano.

Nesta quinta-feira, Musk escreveu no Twitter: “Fazendo o meu melhor para ajudar a crise da subpopulação.” Ele não se referiu à matéria do Insider.

Os gêmeos elevam a contagem total de filhos de Musk para nove. Musk tem dois filhos com a cantora canadense Grimes e outros cinco filhos com sua ex-esposa, a escritora canadense Justine Wilson.

Musk e Grimes deram as boas-vindas ao segundo filho por meio de barriga de aluguel em dezembro, um mês depois que Musk e Zilis supostamente tiveram gêmeos.

O bilionário disse que ele e Grimes estavam “semi-separados”, de acordo com uma matéria da Page Six em setembro do ano passado.

Musk e Zilis não responderam imediatamente aos pedidos de comentários feitos pela Reuters.

A reportagem, sem citar uma fonte, disse que Zilis foi apontada como uma das pessoas que Musk poderia indicar para comandar o Twitter após a compra da plataforma por 44 bilhões de dólares.

Zilis, 36, é identificada em seu perfil no LinkedIn como diretora de operações e projetos especiais da Neuralink, que é cofundada e presidida por Musk, 51. Ela começou a trabalhar na empresa em maio de 2017, mesmo mês em que foi nomeada como diretora de projeto de inteligência artificial na Tesla, onde trabalhou até 2019.

Ela também atua como membro do conselho da empresa de pesquisa de inteligência artificial OpenAI, que foi cofundada por Musk, de acordo com seu perfil no LinkedIn.