Matheus e Kauan fazem show clandestino e polícia encerra festa

A Polícia do Estado de São Paulo encerrou uma festa clandestina com show da dupla sertaneja Matheus e Kauan, na madrugada deste domingo (11), na Rua Canadá, em um bairro de classe alta de São Paulo, o Jardim América.

O evento clandestino foi realizado em comemoração do aniversário de uma socialite e reuniu 500 pessoas sem máscara no escritório Adib Abdouni Advogados. O valor do ingresso para a festa custava R$ 1.600,00 para homens e R$ 1.000,00 para mulheres.

Foto: reprodução/Instagram

Durante a abordagem da polícia militar, a digital influencer, Liziane Gutierrez, que fazia parte da festa clandestina se revoltou e insultou os policiais da Força Tarefa. ‘Vão tomar no c*, vai pra favela caralh*’, disse a modelo. O vídeo foi publicado no perfil do Twitter do deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP).

Em nota, a dupla Matheus e Kauan disse que o contrato era para a realização de um pequena confraternização entre amigos e famíllia.

“A dupla Matheus & Kauan foi contratada para realizar uma presença VIP no aniversário de Lucyana Villar, no dia 10 de julho de 2021 em uma pequena confraternização para familiares e amigos.

No ato da contratação foi afirmado pelo contratante que seriam seguidos todos os decretos que regulam concentração de pessoas, adotando protocolos de segurança e que não haveria venda de ingressos. Registra-se que a dupla realizou o teste no dia e o mesmo teve como resultado “Não Reagente”. 

Infelizmente a parte Contratante não respeitou o pactuado, efetuando venda de ingressos sem nenhum comunicado e autorização, bem como também desrespeitou o acordado no que tange ao números de pessoas no local. O departamento jurídico que assessora os artistas adotará as medidas cabíveis relativo ao descumprimento do contrato.”

Informações do Fofocalizando