“Succession” e “Ted Lasso” lideram indicações para premiação do Emmy

O drama da HBO “Succession”, que conta a história de um perverso magnata de imprensa e sua família, lidera a lista de indicados ao Emmy anunciada nesta terça-feira, com 25 nomeações, inclusive a de melhor série dramática.

Entre os adversários para o prêmio de melhor drama estão a séria coreana da Netflix “Round 6”, primeira produção de língua estrangeira a ser nomeada para o prêmio norte-americano, a ficção científica da Netflix “Stranger Things” e “Euphoria”, da HBO, sobre estudantes secundaristas e seus problemas para navegar o mundo de hoje.

“Ted Lasso”, da Apple TV+ conseguiu 20 indicações, e vai defender o título do ano passado de melhor série de comédia. Entre os concorrentes estão “Hacks”, “Ony Murders in the Building” e “The Marvelous Mrs. Maisel”, entre outras. Os vencedores do Emmy, maior honraria da televisão nos EUA, serão anunciados em cerimônia no dia 12 de setembro.

O CEO e presidente da Academia de Televisão dos EUA, Frank Scherma, disse que o grupo recebeu um número recorde de inscrições neste ano, um sinal de que as produções dispararam após suspensões generalizadas durante a pandemia de Covid-19.

HBO e HBO Max receberam 140 indicações no total. A Netflix levou 105. 

Quatorze nomeações para “Succession” vieram nas categorias de atuação. Brian Cox, que estrela como o patriarca Logan Roy, irá competir pelo prêmio de melhor ator contra Jeremy Strong, que interpreta seu atormentado filho Kendall na série.