Conquistar Liga Europa não basta para Manchester United, diz Bruno Fernandes

(Reuters) – Bruno Fernandes, meio-campista do Manchester United, disse que conquistar a Liga Europa sinalizaria uma melhoria no time de Old Trafford, mas que o sucesso na segunda competição de clubes mais importante da Europa não deveria lhes bastar.

O United praticamente garantiu uma vaga na final do torneio que venceu pela última vez em 2017, já que deu uma surra de 6 x 2 na Roma na partida de ida da semifinal em casa.

Falando antes do jogo da volta desta quinta-feira, Fernandes disse que o time precisa encarar a competição como uma plataforma de lançamento de um triunfo de longo prazo.

“Para nós, é um sinal de melhoria se vencermos a Liga Europa, porque na última temporada não vencemos nada. Então, se vencermos um troféu nesta temporada, é uma melhoria –mas ainda não o suficiente para nós”, disse Fernandes aos repórteres.

“Quando você joga neste clube, seu padrão tem que ser alto. Para mim, o jogo contra a Roma não foi meu melhor, mas em números todos dirão que foi o melhor que já fiz, porque os dois gols e as duas assistências foram a primeira vez que eu fiz isso pelo clube.”

“Quero melhorar, então talvez na próxima vez tenha que fazer duas assistências e dois gols, ou três gols e três assistências… mas o mais importante para mim é a maneira como vencemos, e estamos mais perto de pegar o troféu.”

Fernandes disse torcer para que o atacante Edinson Cavani e o meio-campista Paul Pogba continuem no clube.

O contrato do campeão mundial Pogba, que trocou a Juventus pelo United por 89 milhões de libras em 2016, deve terminar em 2022.

Cavani chegou ao time inglês em outubro com um contrato de um ano com opção de mais 12 meses, mas continua indeciso sobre o futuro.

(Por Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)