Cruzeiro perde para o Remo e chega à terceira partida sem vencer

O Cruzeiro perdeu mais uma partida na Série B e chegou ao terceiro jogo seguido sem vencer. Na noite desta quinta-feira (28), a Raposa recebeu o Remo no Independência, em Belo Horizonte, os donos da casa foram derrotados por 3 a 1 e agora ocupam a 13ª posição da tabela, com 39 pontos. O Remo subiu na tabela da Série B e agora é o 11º.

O duelo começou equilibrado e com dois gols no primeiro tempo. O Leão pulou na frente. Na marca dos 39, após cobrança de escanteio, Lucas Siqueira ganhou a dividida pelo alto, a bola sobrou para Anderson Uchô, que pegou de primeira e acertou o canto esquerdo de Fábio. Lindo gol no Independência.

Mas a Raposa não demorou a responder. Na marca dos 45, Giovanni cobrou falta na área, a bola cruzou toda a área do Remo e chegou para Vitor, que cabeceou para trás e Eduardo conseguiu pegar de primeira para deixar tudo igual.

O duelo parecia que terminaria igual, só que o Remo tratou de mudar o rumo da partida nos minutos finais. Aos 42, Lucas Siqueira tocou para Jefferson na área, que dominou e chutou rasteiro para fazer o segundo do Leão.

Na sequência, aos 47, Ronald recebeu pela esquerda, invadiu a área e soltou a bomba no cantinho de Fábio para garantir o terceiro gol do Remo no jogo. A vitória deixa o Remo na 11º colocação, agora com 41 pontos. A Raposa está logo atrás, em 13º, com 39.

Brasil-RS 3 x 2 Náutico

Foi um gol para cada lago na etapa inicial em Pelotas (RS), no Bento Freitas. E o primeiro foi um golaço. Logo aos quatro minutos, Renatinho cobrou escanteio e mandou direto para as redes. Gol olímpico no Bento Freitas.

Em busca do empate, o Náutico igualou aos 27 minutos. E também foi um belo gol. Caio Dantas dominou e ajeitou para Vinícius, que da entrada da área chutou e acertou o ângulo do goleiro Marcelo.

O Xavante voltou a ficar em vantagem no segundo tempo. Na marca dos 15, Rhaldney tocou com a mão na bola dentro da área. Renatinho foi para a cobrança do pênalti, deslocou o goleiro Anderson e fez seu segundo gol na partida.

Só que o Timbu demonstrou força, e empatou de novo. Quando o relógio marcava 41 minutos, Matheus Carvalho desviou de cabeça bola que veio de escanteio, Júnior Tavares apareceu e, de primeira, completou para as redes.

Quando o resultado parecia msmo ser o empate, o Brasil conseguiu o gol da vitória. Aos 47, após cobrança de escanteio, Leandro Camilo foi lá no alto para, de cabeça, completar para dar a vitória ao Xavante. Mesmo com o triunfo, o Brasil-RS segue na 20ª posição da tabela, agora com 23 pontos. O Náutico é o nono, com 45.