Em duelo de tricolores, Fortaleza e São Paulo ficam no empate

Tudo igual no confronto entre tricolores pela 31ª rodada do Brasileirão. Em duelo realizado no Castelão, em Fortaleza, Leão do Pici e São Paulo empataram por 1 a 1. Ambos os gols saíram na etapa final: Robson abriu o placar e Benítez deixou tudo igual em bela cobrança de falta, em jogo disputado nesta quarta-feira (10).

Na classificação, o Fortaleza permanece no G-4, em quarto lugar, com 49 pontos somados. Já o São Paulo está em 14º, com 38 pontos conquistados.

O jogo

A palavra equilíbrio resume bem o duelo de tricolores na Arena Castelão no primeiro tempo. O São Paulo teve mais a posse de bola, entretanto o Fortaleza finalizou mais que o dobro dos paulistas. Porém, a grande oportunidade foi do Tricolor Paulista: Rodrigo Nestor arriscou o chute da intermediária e a bola passou com perigo próximo à meta, aos sete.

Apesar de finalizar mais, o Leão do Pici não conseguiu levar tanto perigo ao gol defendido por Thiago Volpi. Depietri foi o mais ativo e responsável pelas jogadas ofensivas dos cearenses. Ele fez o arqueiro são-paulino trabalhar aos 34 minutos.

No segundo tempo, o Tricolor do Pici voltou com um ímpeto ofensivo maior e pressionou o São Paulo. Aos quatro, após bela troca de passes, Ronald chutou de canhota e a bola passou próximo ao gol. Já aos 13, Depietri apareceu mais uma vez, ganhou a dividida com a defesa adversária, levantou na medida para Robson, que apenas desviou para o fundo do gol, inaugurando o placar no Castelão.

Em busca do resultado, o São Paulo tentou ser mais ofensivo, mas esbarrou na boa postura defensiva do Leão, que apostou nos contragolpes, e quase marcou aos 32, em chute forte de Wellington Paulista que foi para fora. O Tricolor Paulista respondeu com uma boa trama de Reinaldo pela esquerda, que cruzou para Calleri cabecear, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Na altura dos 38 minutos, Vitor Bueno colocou nas redes cearenses, mas após intervenção do VAR, o gol foi anulado por impedimento na origem da jogada. Mas quando o relógio apontava 47 minutos, o São Paulo teve uma falta da intermediária: de muito longe, Benítez arriscou o chute, acertou o ângulo, marcando um belo gol e dando números finais ao confronto.