AMTT estuda medidas para retomar o transporte público em Ponta Grossa

Os vereadores do município cobraram uma posição mais firme da AMTT sobre a situação

O presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) de Ponta Grossa, Celso Cieslak, esteve na Câmara nesta quarta-feira (7) para falar sobre a situação dos ônibus em Ponta Grossa. Os vereadores cobraram uma posição mais firme da AMTT sobre a situação.

O presidente da Câmara, Daniel Milla, questionou se, no caso de a Viação Campos Gerais não pagar os funcionários e não honrar os compromissos do contrato, a AMTT não poderia abrir nova licitação para repassar o serviço a outra empresa.

Celso Cieslak disse que, se não houver acordo judicial entre os trabalhadores e a Viação Campos Gerais, existe sim a possibilidade de quebra no contrato. Mas neste momento, segundo ele, tudo que está no “alcance” da AMTT foi feito. Ele disse que a empresa foi notificada várias vezes para retomar o serviço com parte da frota.

Veja mais detalhes na reportagem do Tribuna da Massa desta quinta-feira (8):