Bolsonaro diz que auxílio emergencial pode ser renovado por 2 ou 3 meses

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o auxílio emergencial concedido pelo governo federal aos vulneráveis devido à pandemia de Covid-19 pode ser renovado por mais dois ou três meses depois de agosto, quando terminará o benefício concedido atualmente.

“Mais dois, três meses”, disse Bolsonaro ao responder a uma pergunta sobre a possível renovação do auxílio durante sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais. O auxílio pago pelo governo atualmente varia de 150 a 375 reais.

Por Maria Carolina Marcello

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH6033H-BASEIMAGE