Começa a segunda edição do programa Cesta Solidária

Nesta terça-feira (23) começa a segunda edição do programa Cesta Solidária, que tem o objetivo de arrecadar alimentos para as famílias paranaenses que estão em situação de vulnerabilidade.

A primeira edição foi em 2020, quando a pandemia do coronavírus causou as crises sanitária e econômica, atingindo diversas famílias. Na época, o programa conseguiu arrecadar e distribuir 150 toneladas de alimentos à população mais vulnerável e em situação de risco, em todo o Paraná.

A primeira-dama e presidente do Conselho de Ação Solidária, Luciana Saito Massa, reforça a importância da ação diante do novo cenário da pandemia. “Estamos passando por um momento de grande dificuldade devido à pandemia. Muitas famílias do nosso Paraná estão sofrendo com a fome e a falta de renda. Pensando nos mais necessitados, decidimos lançar a segunda edição desse projeto tão especial, que no ano de 2020 contribuiu com milhares de pessoas”, explica. 

A campanha faz parte da força-tarefa “Menos Eu, Mais Nós”, da Superintendência Geral de Ação Solidária (SGAS) em parceria com a Coordenação Estadual da Defesa Civil, responsável por receber e coordenar o repasse das doações.

Essa é uma iniciativa da SGAS, ligada à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.

Como doar

Os pontos para a coleta das doações estarão disponíveis em todas as unidades do Corpo de Bombeiros do Paraná. Ao todo, serão 131 pontos de coleta com horário de funcionamento das 10h às 17h.

As cidades, endereços e telefones de contato estão disponibilizados na página da Superintendência Geral de Ação Solidária.

O Palácio Iguaçu, sede do Governo do Estado, receberá as doações dos servidores que quiserem participar.

Colaboração AEN