Em três dias, fiscalização fecha 16 estabelecimentos por desrespeito às medidas sanitárias

Vinte e oito autos de infração, que somam R$ 335 mil em multas, foram lavrados

Desde a última segunda-feira (3) até a noite desta quinta-feira (6), as equipes de fiscalização da Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, fiscalizaram 73 estabelecimentos em Ações Integradas de Fiscalização Urbana (Aifus). Percorrendo diferentes bairros, as equipes interditaram 16 estabelecimentos que descumpriam as medidas restritivas do Decreto 730/2021 e lavraram 28 autos de infração que somam R$ 335 mil em multas.

Foram encontradas irregularidades em bares, casas noturnas, tabacarias, restaurantes, distribuidoras de bebidas e boates, que haviam sido denunciados pela população. Todos foram autuados e terão o direito de recorrer no processo administrativo.

Participam das Aifus equipes da Guarda Municipal, fiscais das secretarias municipais do Urbanismo e do Meio Ambiente, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Setran.

Dia das mães

Curitiba continua na bandeira laranja (nível médio de alerta para o novo coronavírus) e segue com as medidas restritivas para comércio e serviços na cidade. No entanto, neste domingo (9) em que será comemorado o Dia das Mães, há uma flexibilização de algumas atividades, como o comércio e restaurantes que poderão funcionar desde que seguindo rigorosamente os protocolos sanitários necessários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Jussara Policeno de Oliveira Carvalho, diretora de Fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo, afirma que os fiscais estarão nos bairros para coibir excessos, evitar situações de aglomeração e garantir o distanciamento social e o uso obrigatório e correto de máscara (cobrindo boca e nariz) e do álcool em gel.

“O Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde abriu uma exceção para o Dia das Mães e algumas atividades poderão acontecer, mas dependem da responsabilidade de todos. As equipes estarão nas ruas para garantir que as atividades aconteçam sem colocar em risco a saúde pública”, diz Jussara.

Desde 5 de janeiro, quando entrou em vigor a Lei 15.799/2021, que responsabiliza e pune quem descumpre as medidas restritivas de enfrentamento à pandemia de covid-19, até esta sexta-feira (30/4), a força-tarefa da Prefeitura lavrou  994 autos de infração, em 2.448 fiscalizações realizadas com a participação dos fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo (nas Aifus e ações com a Guarda Municipal). Somados os autos ultrapassam R$ 10 milhões em multas.

Informações da Prefeitura Municipal de Curitiba