Estar Digital volta a ser cobrado na próxima quarta

 A Prefeitura de Ponta Grossa confirmou a volta do estacionamento rotativo, operado pelo aplicativo Estar Digital, na próxima quarta-feira. O sistema estava suspenso desde o dia 21 de dezembro, devido à Operação Saturno do grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. O Ministério Público do Paraná investiga a regularidade dos contratos entre a Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte e a empresa Cidatec, responsável pelo Estar Digital.

A volta do Estar Digital ocorre a pedido da própria prefeitura. A empresa havia negado o retorno devido às investigações, mas depois de insistência da AMTT, aceitou a retomada das operações, no entanto, a empresa informou que vai abdicar dos pagamentos da AMTT pelo serviço até o fim do contrato, no dia 31 de março.

De acordo com a prefeita Elizabeth Schmidt, a volta do estacionamento regulamentado é essencial para a reorganização do tráfego e do estacionamento na região central da cidade. “Na próxima semana muitas escolas particulares irão retomar as aulas presenciais, e por isso os cuidados com o aumento no fluxo de automóveis e veículos de carga devem ser redobrados. Já determinei à Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) especial atenção para esse ponto”, explica a chefe do executivo.

Elizabeth também apontou a importância da retomada do Estar Digital para o comércio. Desde a interrupção do serviço, em dezembro, foram também suspensas as operações de fiscalização do estacionamento rotativo. “Com isso temos um reflexo nada positivo no comércio, e queremos resolver isso rapidamente”.

Sobre os pontos de venda: a Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) não renovou o contrato que possuía com a Cidatec, para disponibilizar pontos de venda do Estar Digital no comércio, caso o serviço volte a funcionar, será somente pelo aplicativo no celular. 

Os pontos de venda foram contratados ainda em 2019 justamente como uma alternativa para quem não possui smartphone ou conexão com a internet. Com isso, o motorista poderia estacionar e ir até um dos estabelecimentos credenciados para regularizar o estacionamento. No início, mais de 100 pontos de venda estavam cadastrados pela AMTT. mas, no ano passado, o número reduziu para cerca de 80. 

O Estar segue suspenso em Ponta Grossa, desde o dia 21 de dezembro, depois que uma operação do grupo de atuação de combate ao crime organizado deflagrou a Operação Saturno, que prendeu sete pessoas por suspeita de corrupção na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Estar Digital. Dos sete, cinco já foram denunciados e estão em prisão domiciliar. 

Sobre a volta do Estar: em relação ao funcionamento do aplicativo, a prefeitura ainda trabalha nos procedimentos necessários para a retomada da operação. Tão logo sejam definidas as novas ações relativas ao setor, incluindo a data para retomada das operações, as medidas serão anunciadas pelo município.

Veja mais informações sobre este caso, assista a matéria completa do Tribuna da Massa Ponta Grossa desta sexta-feira (29):