Título de Verstappen seria maior conquista da Red Bull, diz Horner

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) – Max Verstappen acabar com o reinado do campeão mundial Lewis Hamilton e da Mercedes neste ano seria a maior conquista da Red Bull na Fórmula 1 até hoje, de acordo com o chefe da equipe, Christian Horner.

A esperança de uma disputa muito mais acirrada entre os rivais está aumentando agora que a modalidade se prepara para começar uma nova temporada no Barein no domingo.

A Mercedes conquistou todos os títulos a partir de 2014, e o britânico Hamilton, que pode se tornar o primeiro piloto a vencer 100 corridas, busca uma oitava coroa inédita.

O piloto de 36 anos e sua equipe podem ser os favoritos com base no desempenho passado e nas regras estáveis, mas a Red Bull se destacou nos testes, enquanto a Mercedes passou apuros – e Verstappen, o melhor dos restantes no ano passado, tem Hamilton em sua mira.

“Certamente, vencer com Max seria nossa maior conquista isolada na F1 devido à dimensão do desafio”, disse Horner, cuja escuderia conquistou quatro títulos duplos sucessivos em 2010-13 com Sebastian Vettel, à Reuters.

“Eles (Hamilton e Mercedes) são titãs absolutos do esporte no momento. Acho que seria nossa maior conquista se conseguíssemos derrotá-los.”

Verstappen, de 23 anos, também é o vencedor mais jovem de uma prova de F1 –o holandês tinha só 18 anos ao obter sua primeira vitória com a Red Bull.

Vettel, hoje na Aston Martin, também só tinha 23 anos quando se tornou o campeão mais jovem da F1 pilotando para a Red Bull.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2O1BD-VIEWIMAGE