Missoni comemora “vida normal” em Semana da Moda de Milão virtual

MILÃO (Reuters) – A grife italiana Missoni inaugurou o primeiro dia da Semana da Moda de Milão nesta quarta-feira, quando os estilistas voltaram a ser obrigados a trocar as passarelas vibrantes por apresentações digitais devido à pandemia de Covid-19.

Um ano depois de a Itália registrar seu primeiro caso positivo de coronavírus no norte, o que provocou o primeiro lockdown da Europa, os estilistas tiveram que encontrar maneiras novas de seduzir os fashionistas com suas criações.

Conhecida por sua padronagem em zigue-zague “Fiammato”, ou “em chamas”, e suas peças coloridas, a Missoni foi a primeira casa de moda a transmitir um vídeo de sua coleção feminina mais recente, misturando roupas de outono/inverno com as de primavera/verão.

Filmadas no início de fevereiro no Fórum Assago de Milão, fechado há meses, as modelos recriaram reuniões sociais que foram de jogos de boliche a reencontros com amigos. Elas usaram peças de tricô cintilantes, terninhos frouxos, vestidos estriados longos e moda casual em uma variedade de cores.

Algumas usaram chapéus, cachecóis e jaquetas, e outras apresentaram roupas de banho no vídeo, que foi filmado como uma tomada única.

Também surgiram tops cortados, shorts e roupas de festa brilhantes, o que a casa italiana descreveu como “uma comemoração da volta a uma vida social normal”.

A Semana da Moda de Milão desta temporada vai até 1º de março, e marcas como Armani, Prada, Valentino e Dolce & Gabbana compartilharão seus vídeos de coleções em uma plataforma digital.

(Por Marie-Louise Gumuchian)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1N0TU-VIEWIMAGE