Ao menos 42 pessoas morreram após consumir álcool adulterado

Ao menos 42 pessoas morreram e quase 100 ficaram hospitalizadas após consumirem bebidas alcoólicas adúlteras na Índia. Segundo informado pelo governo, nesta quinta-feira (28), os casos foram registrados nos distritos de Botad e Ahmedabad, no estado de Gujurat, onde os produtos foram contrabandeados.

“A investigação revela que as vítimas consumiram metanol industrial, o que causou suas mortes”, disse o ministro do Interior, Harsh Sanghavi, em comunicado. O político informou ainda que 97 pessoas estavam sendo tratadas em unidades de saúde, sendo que dois pacientes estão em estado crítico.

De acordo com o International Spirits and Wine Association of India, dos 5 bilhões de litros de licor consumidos a cada ano no país, cerca de 40% vem por contrabando ilegal. Com isso, centenas de pessoas morrem anualmente no país devido à fabricação clandestina das bebidas.

Informações de SBT News