Após semanas, exército russo volta a atacar capital da Ucrânia

O exército russo voltou a atacar a capital ucraniana na manhã desta quinta-feira (28). Segundo o governador regional de Kiev, Oleksiy Kuleba, uma localidade no distrito de Vyshgorod – a 20 quilômetros do centro – foi alvo de um ataque aéreo, que atingiu um imóvel na região. Apesar do estrago, ainda não há a confirmação de vítimas.

“A Rússia, com a ajuda de mísseis, está a vingar-se pela grande resistência popular que os ucranianos conseguiram organizar precisamente por causa da sua condição de Estado”, disse o governador, em transmissão televisiva. “A Ucrânia já estragou os planos da Rússia e vai continuar se defendendo”, completou.

Kiev voltou à mira dos russos após meses de operações apenas no sul e leste do país. O regresso à cidade aconteceu um dia depois que o líder dos separatistas, Denis Pushilin, pedir publicamente às forças russas para “libertarem as cidades fundadas pelo povo russo como Kiev, Chernihiv, Poltava, Odessa, Dnipropetrovsk, Kharkiv, Zaporijia e Lutsk”.

As batalhas também continuam no sul do país, onde grande parte dos municípios está ocupada pelas forças de Moscou. A estratégia atual do exército ucraniano é o contra-ataque, uma vez que a maioria dos cidadãos já foi retirada das regiões. 

Informações de SBT News