Brasil soma mais de 1,3 mil infectados por varíola dos macacos

Os casos de varíola dos macacos continuam subindo no Brasil, que já soma 1.342 infectados. Há destaque para os estados de São Paulo (1.031 casos) e Rio de Janeiro (142). Na última sexta-feira (29), um dia depois do Brasil registrar a primeira morte pela doença, o Ministério da Saúde instalou o Centro de Operação de Emergências (COE) para monitorar os casos. Foi realizada a primeira reunião para elaboração de um plano de contingência contra o surto da doença no país. 

Ainda segundo atualização do Ministério da Saúde, o ranking das unidades da Federação com maior número de infecções detectadas segue com: Minas Gerais (63), Distrito Federal (20), Paraná (21), Goiás (18), Bahia (11), Ceará (4), Rio Grande do Norte (2), Espírito Santo (2), Pernambuco (7), Tocantins (1) , Acre (1), Amazonas (1), Rio Grande do Sul (6), Mato Grosso do Sul (5),  Amazonas (1), e Santa Catarina (7).

A prefeitura de São Paulo confirmou, na noite de 5ª feira (28.jul), os primeiros casos de varíola dos macacos em crianças. Segundo informado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), todas as três infecções estão sob monitoramento.

Em outros países, a situação também é crítica. Em Nova York, nos Estados Unidos, a doença fez com que a cidade decretasse estado de emergência. Segundo a governadora Kathy Hochul, a medida, além de “fortalecer os esforços” contra o surto da doença, “permite que o estado responda mais rapidamente e que os profissionais de saúde tomem medidas adicionais que ajudarão a vacinar mais nova-iorquinos”. De acordo com dados mais recentes do governo do estado, Nova York já registra 1.383 casos da doença.

Informações do SBT News