Covid: agência dos EUA comprova eficácia da Pfizer em menores de 5 anos

A agência reguladora dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) publicou um estudo comprovando a eficácia da vacina da Pfizer contra a covid-19 em crianças menores de cinco anos. Segundo a entidade, os dados podem servir de base para a aplicação do imunizante na faixa etária, atualmente a única que ainda não pode receber o medicamento no país.

A publicação acontece poucos dias após a farmacêutica enviar uma autorização para o uso da vacina. O documento mostrou que três doses do imunizante, compostas por um décimo da dose para adultos, geram uma forte resposta imune de 80,3% contra a doença na faixa etária. Dentre os testes, foi constatado que a maioria dos efeitos colaterais foi leve ou moderado.

Na data, o CEO da Pfizer, Albert Bourla, afirmou estar satisfeito com os resultados. “Esperamos concluir em breve nossas apresentações aos reguladores em todo o mundo, com a esperança de disponibilizar esta vacina para crianças mais novas o mais rápido possível.”

Agora, a FDA deve se reunir com especialistas para discutir os resultados de ambas as pesquisas e analisar se os dados sobre as vacinas são suficientes. Segundo a agência, a recomendação englobará crianças entre seis meses e cinco anos. 

Informações de SBT News