Dia dos Pais promete aquecer economia nacional

O Dia dos Pais, comemorado este ano em 14 de agosto, promete aquecer o comércio, seguindo as perspectivas de vendas das demais datas comemorativas de 2022. Há uma expectativa de que a data movimente toda a economia nacional, com um crescimento de 6,2% no varejo, comparado a 2021, segundo dados do Serasa Experian.

Diversas regiões do país olham com otimismo o mês de agosto. Em Curitiba há uma projeção de aumento de 8% nas vendas, de acordo com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap). No Rio Grande do Sul, em um levantamento feito pela plataforma de comércio eletrônico Shopee, aponta que os gaúchos irão investir, em média, R$262,00, um aumento de 20% se comparado com o ano anterior.

Antecipação é a chave

A pandemia modificou a forma como os brasileiros se relacionam com o comércio.

Segundo Marcelo Reis, Diretor Executivo da MR16 e Especialista em Educação Corporativa, há um novo consumidor, focado nas compras planejadas, sempre com antecedência e em busca das melhores ofertas. “O Dia dos Pais é considerado, por muitos, a terceira data mais importante do ano para o varejo. Com isso, nesse novo momento em que estamos vivendo, da mudança na forma de consumo, as marcas e empresas precisam se antecipar, criar ações e planejamentos a fim de atrair seu público-alvo”, pontua o especialista.

Fidelize o seu cliente

A data é uma grande oportunidade para começar o processo de fidelização do consumidor. Por isso, Marcelo Reis afirma que é importante apostar nas vendas físicas e virtuais, criando ambientes em que os clientes se sintam confortáveis na escolha dos produtos. “O varejo digital e o físico andam lado a lado. É importante criar esse fluxo entre os canais, transformando o on-line em um espaço de suporte e apoio. Quanto mais marcas conseguirem fazer essa integração assertiva, proporcionará benefícios para as empresas”, afirma.

Além disso, o especialista acredita que criar links com outros acontecimentos, como a Copa do Mundo 2022, pode contribuir no interesse de um maior número de pessoas, assim como, colaborar com as vendas no final do ano. “Aproveite a data comemorativa para provocar interesse no possível cliente para o futuro”, finaliza Marcelo.