UEL, Unespar e UEPG adiam provas dos vestibulares

Devido ao agravamento da pandemia do coronavírus, a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e a Universidade Estadual de Londrina (UEL), adiaram a aplicação das provas de vestibular.

A UEPG suspendeu o Vestibular 2020, que aconteceria nos dias 7 e 8 de março, e os Processos Seletivos Seriados (PSS) I, II e III, agendados para os dias 14, 21 e 28 do próximo mês. De acordo com a Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS), o vestibular foi reagendado para 2 e 3 de maio, enquanto os PSS I, II e III devem ocorrer em 16, 23 e 30 de maio.

O reitor da UEPG, Miguel Sanches Neto, ressalta que a decisão protege os servidores da instituição e atende, especialmente, ao apelo dos pais dos estudantes, preocupados com a possibilidade de exposição dos filhos durante as provas.

“Agimos de forma responsável porque nossas provas acontecem em 13 cidades do Paraná. Esses municípios estão mudando seus decretos de forma dinâmica e diária, o que inviabiliza a realização das provas. Essa é a nossa contribuição para diminuição de circulação de pessoas pelo Estado, inclusive evitando o ingresso de pessoas de outras unidades da Federação, onde há maior circulação das novas cepas do vírus”, enfatiza o reitor.

Na Unespar, as provas do Vestibular 2021 estavam previstas para os dias 7 e 10 de março. A decisão foi tomada em conjunto pela reitoria e direções dos câmpus. O novo cronograma do Processo Seletivo será divulgado no site da instituição.

Na UEL, o calendário do Vestibular 2021 previa a realização de provas no dia 14 de março. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) vai se reunir nos próximos dias para montar um novo calendário, a partir da sinalização da Coordenadoria de Processo Seletivo (Cops).

Colaboração AEN