FAS capacita profissionais que atendem pessoas em situação de rua

Qualificar o atendimento prestado por servidores públicos e profissionais das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) contratados pelo município para atendimento às pessoas em situação de rua é o objetivo da 1ª Jornada Formativa desenvolvida pela Fundação de Ação Social (FAS). A capacitação teve início nesta segunda-feira (13/6) e vai até o fim do mês no Centro Universitário UniDomBosco, no Portão.

Do município, participam servidores que trabalham no serviço de abordagem social, na Central de Encaminhamento Social 24 Horas (CES), nas unidades de acolhimento institucional, nos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centros Pop) e na Casa da Acolhida e do Regresso (CAR).

“Queremos definir estratégias e processos para acolher e desenvolver os profissionais que atuam com as pessoas que usam nossos programas e serviços socioassistenciais”, explica a diretora de Atenção à População em Situação de Rua, Cassiane Chagas.

Desenvolvimento profissional

Divididas em quatro turmas, aproximadamente 200 pessoas devem participar da capacitação, que terá três módulos. Durante os encontros, os grupos vão conhecer a diretoria, que está sob novo comando, os serviços das unidades de atendimento à população em situação de rua, além de receberem informações sobre fluxos e encaminhamentos.

“Com esses encontros queremos oferecer aos profissionais uma pausa para que possam refletir sobre suas práticas, rever e propor novos processos de trabalho que atentem para uma abordagem cada vez mais cuidadosa e consistente”, diz a diretora.

Informações da PMC.