Grupo responsável por fraude de R$ 258 mil no INSS é alvo da polícia

Agentes da Polícia Federal cumprem, na manhã desta quarta-feira (3), mandados de busca e apreensão em Sergipe para apurar fraudes contra a Previdência Social, administrada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A ação também conta com apoio do Núcleo Regional de Inteligência Previdenciária e Trabalhista.

O objetivo é coletar provas para ampliar a investigação sobre a falsificação de documentos para a criação de pessoas fictícias e obtenção indevida de benefícios assistenciais, com “idosos de aluguel” e fabricação de identidades falsas e outros documentos em nome de pessoas inexistentes.

Até o momento, as ações resultaram em um prejuízo de R$ 258.739,19 aos cofres da Previdência Social. Segundo os agentes, os investigados responderão por falsificação de documentos públicos, falsidade ideológica, uso de documentos falsos e estelionato majorado. 

Informações de SBT News