Irmãos que passaram 26 dias perdidos em floresta no Amazonas são transferidos para hospital de Manaus; vídeo

Os dois irmãos que ficaram perdidos na mata por 26 dias no interior do Amazonas foram transferidos nesta 5ª feira (17) para um hospital em Manaus. A transferência foi solicitada pelo Ministério Público do Amazonas. Segundo a promotoria, a decisão foi tomada por conta do quadro grave de saúde das crianças.

Uma força tarefa foi montada para que as crianças chegassem a Manaus em segurança. Gleison, de nove anos, e Glaucon, de sete, foram transferidos em uma UTI Aérea. Foram quase duas horas de viagem de Manicoré, no interior do estado, até a capital amazonense.

Os meninos chegaram no Hospital e Pronto-socorro da Criança acompanhados dos pais. Apesar do quadro grave de desnutrição e das várias lesões na pele, as crianças já apresentam uma melhora clínica. Quando foram encontrados, Gleison estava pesando 15 quilos, e Glauco, 12. 

As crianças saíram para caçar pássaros em 18 de fevereiro em uma área de mata e se perderam. Apesar de amplas buscas, organizadas pelo Corpo de Bombeiros e por agentes da Polícia Civil e da Fundação Nacional do Índio (Funai), as crianças só foram resgatadas após serem avistadas por um homem que cortava madeira na zona rural do Município.

Aos familiares, Glauco e Gleison relataram que, ao longo dos 26 dias em que estiveram na mata, não conseguiram se alimentar, apenas beberam água da chuva.

Informações do portal SBT News