Número de novos títulos eleitorais entre jovens aumenta 28% em março

O número de novos títulos eleitorais entre jovens de 15 a 18 anos cresceu quase 28% de fevereiro para março, registrando 445.553 novos documentos. O levantamento, divulgado na tarde de 3ª feira (5.abr), foi apresentado na sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo presidente da Corte, ministro Edson Fachin.

Quando comparados a fevereiro, os números mostram um crescimento de 27,6%, quando 349.160 novos eleitores se habilitaram para participar do pleito deste ano. Em relação a janeiro, os dados se mantiveram praticamente estáveis, com 349.768 novos títulos concedidos no primeiro mês de 2022.

Entre a juventude, a procura pelo documento foi maior na faixa etária de eleitores com 17 anos: foram 158.947 novos documentos concedidos em março.

“Esses novos eleitores e eleitoras não têm a obrigação de votar, mas optaram por participar da vida política do país por meio da escolha de candidatas e candidatos que os representarão pelos próximos anos. Lembro que falta um mês para o fechamento do cadastro eleitoral para 2022. Ainda há tempo de obter o título e fazer a diferença no dia 2 de outubro”, disse Fachin.

Informações SBT News