Dupla morre em troca de tiros com a polícia após furto de moto

Rastreador da moto furtada levou os policias até o local onde ela seria negociada

Assaltantes receberam a PM a tiros após furto de moto. Segundo o SIATE, os homens tinham idades entre 20 e 30 anos. Ainda de acordo com a polícia, a moto foi furtada no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba, momentos antes do confronto.

A vítima informou aos policiais que havia comprado o veículo há apenas dois meses e já temendo pelo pior resolveu colocar um rastreador na motocicleta. E foi por meio dessa tecnologia que a polícia acompanhou todo o trajeto que os assaltantes fizeram com o moto roubada. Quando os policiais chegaram no local viram os dois homens em atitude suspeita. Os suspeitos não atenderam a ordem de abordagem e fugiram por uma mata perto do local.

Outros dois homens foram abordados no local. A polícia acredita que eles fazem parte do esquema. A polícia descobriu também que a região onde a moto foi encontrada já era muito utilizada pelos criminosos.

Veja mais informações sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa desta segunda-feira (18):

Novas versões dos fatos

Na última quarta-feira (13) dois jovens morreram durante confronto com policiais após o assalto de uma moto, de acordo com informações da polícia. Mas, segundo a família de um deles, o jovem é inocente e a versão da PM está mal contada, pois os rapazes tinham marcas de agressões no corpo.

Braian Juan Santos era um dos rapazes mortos pela polícia depois do assalto da moto de um entregador de comidas na semana passada. Segundo a mãe do jovem, de 16 anos, ele não teve envolvimento com o crime. E pagou com a vida por estar em má companhia.

Braian Juan Santos tinha 16 anos

O assalto da moto foi em Campina Grande do Sul. De acordo com informações da polícia, os dois rapazes foram localizados com a ajuda do rastreador do veículo aqui no bairro Atuba, em Curitiba. A dupla teria reagido à abordagem policial e no confronto os dois foram mortos a tiros. Mas a família diz que a história não foi bem essa.

Veja mais detalhes na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta quarta-feira (20):