Durante operação, Nucria prende dois homens por estuprarem os próprios filhos

Como parte da operação Acalento, deflagrada nacionalmente nesta sexta-feira (16), o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítima de Crime (Nucria) de Ponta Grossa prendeu dois homens por estupro de vulnerável. Nos dois casos, as vítimas eram os próprios filhos dos autores, segundo informou a delegada Ana Paula Cunha Carvalho, responsável pelas investigações no município.

Durante o cumprimento de um mandado de prisão, os policiais encontraram um estrangeiro de 29 anos que tinha estuprado o próprio filho, um menino de 4 anos de idade. A vítima contou aos policiais que os abusos aconteceram várias vezes “sempre longe dos olhos de possíveis testemunhas, o qual ainda descreveu com detalhes como a violência sexual ocorria”, explica a delegada.

Ainda na sexta-feira, um homem de 40 anos foi preso em flagrante por abusar sexualmente da filha de 7 anos. De acordo com Ana Paula, o estupro aconteceu durante a madrugada de sexta. “A criança foi ouvida pela psicóloga tendo confirmado a violência. Por esta razão foi dada voz de prisão autor o qual ao ser interrogado negou os fatos”, esclarece.

Nos dois casos, os autores foram conduzidos à Cadeia Pública Hildebrando de Souza e permanecem à disposição da Justiça.