Esposa de sargento, empresária se envolve em confusão e quebra vidros de delegacia

Visivelmente alterada, uma empresária de 41 anos se envolveu em uma confusão dentro de um restaurante junto com o marido, um sargento da Polícia Militar (PM), e acabou detida por depredar a unidade da Central de Flagrantes, em Curitiba. Durante a prisão, a mulher teria jogado urina contra uma policial, que precisou trocar de farda.

A briga envolvendo o casal começou em um restaurante, no Bairro Alto. De acordo com as informações de testemunhas obtidas pela Rede Massa, uma mulher teria tocado no seio da empresária, que está no quarto ano do curso de Direito, quando o sargento se revoltou e acertou um tapa no rosto da cliente. Para conter a situação, os seguranças do estabelecimento precisaram agir até que uma viatura de deslocasse para o local.

Assim que as equipes se dirigiram até o restaurante, os policiais teriam sido hostilizados pela empresária, que precisou ser algemada e ainda danificou a viatura durante o trajeto até a delegacia. Além disso, o marido dela, que é um sargento da PM, também foi levado à Central de Flagrantes por causar prejuízo de cerca de R$ 7 mil no restaurante.

“No momento que as equipes chegaram, ela foi pra cima dos policiais e, durante o caminho todo, veio chutando a viatura. A todo o momento está quebrando o vidro da delegacia e colocando a culpa nos policiais, o que não é verdade.”, disse o policial que atendeu a ocorrência.

Conforme a polícia, a empresária identificada como Carla vai responder por dano ao patrimônio público, desobediência, desacato e resistência. Ela passou a noite na delegacia e deve ficar à disposição da Justiça.

Veja outros detalhes na matéria do Primeiro Impacto PR – Curitiba: