GAECO faz operação em condomínio de luxo de Foz

Na residência foram apreendidos carros de luxo, dinheiro em espécie inclusive dólares, dois cheques de 250 mil reais cada e cartões de crédito

Os dois mandados de prisão foram cumpridos em um condomínio de luxo em Foz do Iguaçu, onde mora um casal que estava sendo procurado pela justiça de Goiatuba (GO). Investigados desde o ano passado são acusados de lavagem de dinheiro e uso de documento falso.

No dia da prisão a mulher estava com dinheiro parte escondido no corpo dela e a outra parte no carro sem origem declarada. O homem tinha um mandado de prisão expedido pela justiça estadual de São Paulo e a acusação é de extorsão e estelionato. Na época o casal chegou a ir para a prisão, ganhou liberdade mediante uso de tornozeleira eletrônica, mas descumpriram e um novo mandado de prisão foi gerado, os presos foram encaminhados a sede no GAECO em Foz.

Segundo o promotor de justiça Tiago Lisboa, o casal estava sendo procurado em alguns estados brasileiros, eles usavam tornozeleira eletrônica, mas arrancaram. Depois de muita investigação eles foram encontrados aqui em Foz do Iguaçu.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu e região desta terça-feira (16):