Grupo é preso após manter caminhoneiro refém pra levar dinheiro de entrega de tomates

Durante a prisão, três suspeitos tentaram subornar a polícia

Cinco homens foram parar na cadeia após cometerem um roubo contra o motorista de um caminhão, que havia acabado de descarregar uma carga de tomates na Ceasa (Centrais de Abastecimentos do Paraná) e foi rendido pelo grupo, nesta quinta-feira (6), no bairro Umbará, em Curitiba. Os suspeitos ainda teriam oferecido dinheiro à polícia para não serem presos.

Na fuga, uma equipe de policiais da Rondas Ostensivas de Natura Especial (Rone) conseguiu interceptar o veículo dos suspeitos, um Jetta de cor prata. Dentro do veículo, as equipes encontraram dinheiro, celulares e também a arma utilizada para render o caminhoneiro.

(Foto: Simone Munhoz/Rede Massa)

Em entrevista à reportagem da Rede Massa, a vítima, Edson de Oliveira Santos, que ainda estava em estado de choque, relatou que veio da cidade de Faxinal, a 350 quilômetros da capital, e que nunca havia passado por um trauma tão grande.

Segundo a Polícia Militar (PM), durante a prisão, três suspeitos ainda ofereceram uma quantia relevante para que não fossem levados para a prisão. Com eles, foram recuperados R$ 28 mil em dinheiro e também folhas de cheque.

O grupo foi autuado pelo crime de corrupção ativa. Eles foram encaminhados à delegacia e também devem responder por roubo e sequestro.

(Foto: Reprodução)

Colaboração de Simone Munhoz, da Rede Massa.