Idoso leva duas picadas de abelha e pede socorro em concessionária de veículos após passar mal

Manuel Pinto Júnior de 62 anos foi socorrido pela equipe do Siate após ser picado por abelhas na região da Avenida Tiradentes próximo ao Parque de Exposições Ney Braga.

Valdir Bezerra: Soldado Barcelos, ele acabou pedindo ajuda ali numa em uma revendedora de carros, né?

Soldado Barcelos: As informações da própria vítima dão conta disso mesmo, ele acabou sendo picado em um local adverso ali do qual ele recebeu atendimento e no deslocamento dele aí, ele acabou passando mal e pediu ajuda ali nessa revendedora, foi aí que o pessoal assinou nossa equipe.

Valdir Bezerra: A equipe médica também é acionada até o local até para resguardar a vida desse senhor?

Soldado Barcelos: É com toda certeza, precisou de atendimento médico visto que ele desencadeia uma reação alérgica aí, havendo uma um edema de glote aí e essa pessoa na hora já para de respirar então precisa uma intervenção médica aí para evitar esse tipo de coisa.

Valdir Bezerra: Agora segundo a própria vítima ele não tinha nenhum tipo de reação alérgica anteriormente né?

Soldado Barcelos: Não, não ele não apresentou nenhum momento anterior a esse dia de hoje nenhuma reação, mas hoje em vista dessas picadas que ele levou, teve uma reação alérgica, desenvolveu o médico foi necessário fazer uma medicação nele encaminhar para o hospital.

Valdir Bezerra: De qualquer forma é uma situação que requer bastante cuidado ali por parte ali das vítimas e também por parte do socorro?

Soldado Barcelos: Com toda certeza, em especial às vítimas, que as pessoas quando sabem que são alérgicas elas têm que se precaver e ir para lugares ermos levar o remédio adequado e caso foram picadas, por que é uma situação séria caso elas sejam picada por um inseto que ela seja pode levar até a morte.